Fixões

22/07/2009 20h36

Recorrer ao não todo, ao pelo menos um, quer dizer aos impasses da lógica, é, por mostrar como escapar das ficções da Mundanidade, fazer uma outra fixão do real: isto é, do impossível que o fixa pela estrutura da linguagem. E também é traçar o caminho por onde em cada discurso se depara o real com o qual ele se envolve, e despachar os mitos com os quais ele ordinariamente se supre.

(LACAN, Jacques. L’Étourdit. Scilicet, nº 4, Paris, Seuil, 1973, p.35.)