O que é a Psicanálise de Orientação Lacaniana? – 2000

05/11/2003 15h14

Seminário ministrado por Jorge Forbes e Márcio Peter de Souza Leite, em 2000, na USP-Oficina.

O que é a psicanálise de orientação lacaniana -  na clínica, na saúde e na cultura

A psicanálise do Século XXI já é muito diferente daquela inicialmente proposta por Freud. O mundo não é mais o mesmo: os avanços das ciências e das comunicações trouxeram novas soluções e reformularam os problemas das mulheres e dos homens. Não se adoece mais da mesma maneira, não se é mais feliz ou infeliz da mesma forma. O homem, o pai, o filho, o amante são outros. A mulher, a mãe, a filha, a amada são outras. A orientação que Jacques Lacan deu à psicanálise freudiana retirou-a do terreno hermenêutico, preparando-a para ao tratamento desse sujeito pós-moderno, caracterizado pela falta de ideais e de paradigmas; potencialmente irresponsável em sua subjetividade.

Se o analista de ontem se preocupava em fazer com que o analisando soubesse mais a seu próprio respeito, se conhecesse, o analista de hoje direciona a clínica para a compatibilidade responsável da pessoa com o seu gozo, com a sua peculiar satisfação, que não responde a nenhum standard ideológico ou farmacológico.

Cem anos acumulados de conceitos e técnicas analíticas e os novos sintomas a serem enfrentados, nos levam à necessidade de passar a psicanálise a limpo e de nos perguntar quais são os pontos fundamentais e necessários para compor a bagagem do analista deste novo século internáutico. Uma bagagem que deve ser clara, leve e eficaz, conforme os ares do tempo.

Dividimos o curso em quatro partes: uma introdução e três conseqüências. Começaremos definindo o que é a orientação lacaniana e de que maneira ela se articula com a forma descompleta da subjetivação contemporânea. Em seguida, sustentados nesta base, examinaremos as três implicações diretas da psicanálise de orientação lacaniana: na clínica psicanalítica que praticamos, no campo da saúde, em especial a saúde mental, e na cultura, abordando os novos modos de vida e a universidade.

A tarefa é árdua mas entusiasma: é a passagem do século, o reveillon, o despertar.

(Jorge Forbes e Márcio Peter de Souza Leite)