Café Filosófico: Princípio Responsabilidade - do Medo ao Desejo

17/07/2009 13h57

Jorge Forbes – Espaço Cultural CPFL, 13 de abril de 2007

Jorge Forbes, curador do módulo “Como agir no princípio responsabilidade – fundamento da ética do desejo”, no Café Filosófico da TV Cultura, fez a primeira palestra “Princípio Responsabilidade – do medo ao desejo”, nesta sexta-feira, 13 de abril, no Espaço Cultural CPFL, em Campinas.

Articula o Princípio Responsabilidade, de Hans Jonas, com a ética da psicanálise proposta por Jacques Lacan, passando por Malcom Gladwell (Ponto de Desequilíbrio) e pelos autores W. Chan Kim e Renée Mauborgne (A estratégia do oceano azul). Dispensando a ética do medo, o Princípio Responsabilidade se junta ao Princípio Esperança e à ética do desejo. Três fatores alteraram nossa vida: o prolongamento da vida, a violência social e o poder do contexto e quatro são as barreiras que impedem o avanço: a barreira cognitiva, a barreira política, a barreira dos recursos e a barreira motivacional.

Na psicanálise, o Princípio Responsabilidade implica uma mudança de expectativa, de darmos sentido às coisas, para darmos conseqüência àquilo que desejamos. Vivemos pelas tabelas – precisamos nos emplacar na globalização. Necessitamos uma ética que fale de responsabilidade pelo desencontro, pelo acaso e pela surpresa. No mundo de hoje, nosso desejo é um descompasso ao nosso querer. Fica a pergunta: Como viver nessa dualidade, entre o que eu quero e o que eu desejo, tendo em vista o Princípio Responsabilidade?

Jorge Forbes concluiu, com as palavras de Malcom Gladwell: “Vejo o mundo à sua volta; pode parecer um lugar imóvel. ... Com um leve empurrãozinho, ele se desequilibra.”

Sinopse de Teresa Genesini e Elza Macedo